NEURAS E ATITUDES DE CURA – Parte 1

Há duas atitudes improdutivas na existência…

Uma é querer provar que Deus existe…

A outra, é querer convencer que Ele não existe…

A percepção da existência Dele é sensorial , antes de mais nada…

E, só depois, devemos então,  racionalizar os fatos diante da necessidade de organizar as muitas impressões que nos fazem supor que “algo” de inteligente e extraordinário já nos precedia antes do nascimento…
Para poder ter organizado tantas coisas belas e harmoniosamente entrelaçadas… E dar sentido a isso tudo!
Que já existiam antes do nascimento, do nosso corpo e da nossa consciência!
A fé sente, a razão questiona e a meditação confirma…
Sem a meditação, não há a confirmação, não há o autoconhecimento…
Sem o autoconhecimento, não há o prazer de observar, de crescer, de compreender…
O autoconhecimento apenas internaliza, de forma organizada, aquilo que recolhemos das múltiplas sensações experimentadas, vivenciadas…
E como é meditar…??? Simples, é só aquietar a mente e o coração…
E nessa quietude repentina, onde é até possível ouvir o movimento do ar entrando e saindo da sua respiração, que você experimenta uma sensação de paz muito gostosa tomar conta do seu ser… Você começa a perceber a energia da vida se manifestando em você, marcando presença e o ritmo do seu coração… Ouça, tum tum, tum tum, tum tum… Maravilha isto! Você começa a perceber melhor as coisas e as pessoas a sua volta… Como que elas se relacionam, como que elas interagem entre si… E brotam algumas impressões de certeza no seu cérebro, porque ele está vivo… Isso, pra ter certeza das coisas é preciso que antes de mais nada, você reconheça que você está vivo…
Pois até pra duvidar, é mister existir primeiro…
René Descartes que o diga… Duvido, logo penso…Penso, logo existo…
Às vezes, devemos ser práticos… Por exemplo, em vez de você ficar descrevendo as possíveis tecnologias de um automóvel, que tal fazer um test-drive primeiro…??? Sentir, “in locu”, a sua presença no mundo junto com as outras pessoas, junto com as outras coisas, como é que é se sentir dentro de uma definiçao tri-dimensional da matéria, como o carro que estávamos falando… Pode entrar, ligue  a máquina, sinta e avalie toda a potência dela…
Em vez de “sofrer” por querer ser perfeito, que tal viver agindo e corrigindo, heim…???
Sinta, no seu íntimo, todo o merecimento que você tem de amar e ser amado, mesmo se reconhecendo imperfeito… Não precisa…
E isso, seja lá onde a vida lhe tenha colocado pra atuar… Pois em todo lugar, existe o Sol…
E o Sol nasceu pra todos…
O que existe, ainda, é uma não-aceitação de si mesmo por não concordar com as condições que a vida nos deu… Daí nasce a inveja, no indivíduo de pouca fé… De pouco exercício sentimental no terreno do amor!
Nasce também, a dor do desespero diante da morte do ente amado, por não compreender que a vida é um eterno vir a ser! O antídoto para esta dor, chama-se aceitação…
A aceitação de que nascemos livres para escolher amar… Mas é “uma força maior” quem decide o momento certo de chamar as suas estrelas de volta ao firmamento!
Todos somos capazes de prosperar… Se uns conseguiram antes, é porque começaram a jornada antes… Não há nada de errado nisso…
Eu vibro com as conquistas legítimas dos meus irmãos… Fico feliz com isso… Agradeço intimamente por isso… E por poder me inspirar nas vitórias deles… Pois me sinto fortalecido pelos exemplos dos vitoriosos… Tendo certeza que o Amor, a alegria e a saúde, são bens universais que confirmam a ordem natural das coisas…
É natural ter saúde, o problema é a falta dela…
É natural sentir alegria, o problema é a falta dela, a tristeza…
É natural gostar de amar e ser amado, o problema é o desamor, a tristeza, a doença, a pobreza, a escuridão, a fome, a não-aceitação, a falta do autoconhecimento…
O que é natural, pressupõe a presença da energia vital em ação; é a constatação de que a vida está acontecendo, está “sendo”
Eu Sou…E,  prazerosamente, reconheço que tu És… Agora, quem tu és, só tu poderás mo dizer!
Por isso não me apresso em te julgar… Nem preciso disso para ser feliz…
Um excelente final de semana pra ti, com a presença natural das boas coisas que alegram o teu viver!!!

sol 1 sol 2 sol 3 sol 4 sol 5 sol 6 sol 7 sol 8 sol 9 sol 10 sol 11 sol 12 sol 13 sol 14 sol 15 sol 16 sol 17 sol 18 sol 19 sol 20 sol 21 sol 22

no amor o casal deve olhar pra frente
Anúncios

Publicado em 17 de março de 2013, em ATUALIDADES, CIDADANIA, CIDADES, CULTURA, ENTRETENIMENTO, FILOSOFIA, INFÂNCIA, INFORMAÇÃO, JUVENTUDE, MATURIDADE, MEDICINA, PARADIGMAS, PAZ, PENSAMENTOS, REFLEXÃO, RELIGIÃO, VOZ DIGITAL e marcado como , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: