Se você gosta de sexo, então independência tem nexo!

PÔ, ONTEM FOI O DIA DO SEXO NO BRASIL E NINGUÉM ME AVISOU!?

Ele foi lançado no Brasil pela marca de preservativos e lubrificantes Olla, em 2008, escolhendo o sugestivo dia: 6/9.

Também, com tanta gente nas redes sociais da Internet, acho que o que rolou foi muito sexo virtual mesmo…

Sexo virtual

____________________________________________________________________________________________________________________________________

É VOCÊ QUE FAZ SEXO OU É O SEXO QUE FEZ VOCÊ?

Se você está lendo aqui é porque você existe! Logo, você nasceu num belo dia! E se você nasceu é porque os seus pais fizeram sexo, certo? Então, o sexo pode ser bom sim… E de preferência, para ambas as partes! Só que antes do casamento, acho que não é uma boa escolha fazer sexo… Afinal, pode amassar as roupas, atrasar a cerimônia, irritar os fotógrafos…

2035853550_d6ecb96645_b

Mulher com dúvida.

riso 9

____________________________________________________________________________________________________________________________________

ENTENDENDO A DIFERENÇA ENTRE METROSSEXUAL E NARCISISTA.

O termo metrossexual foi criado há mais de cinco anos para classificar homens heterossexuais extremamente vaidosos. Quando o termo foi criado, referia-se a homens adultos moradores das metrópoles, possuidores de boa situação financeira, adeptos de roupas e produtos de beleza de grifes famosas e interesse por assuntos como a gastronomia sofisticada e jardinagem artística.

No entanto, hoje muitos adolescentes já se enquadram nesse perfil de masculinidade bem mais trabalhada que a usualmente difundia até então.

Segundo os homens e os adolescentes, os metrossexuais são homens que apresentam a evolução masculina, uma vez que homens com hábitos machistas e atitudes dos tempos das cavernas já não agradam mais à maioria das mulheres com se imagina no passado. Esse pensamento parece, de fato, refletir uma porção significativa da nova forma feminina de ver e querer os homens.  Prova disso é a comunidade chamada Metrossexuais, eu recomendo!, criada por Juliana T. da Silva, de 19 anos no Orkut. Para essas novas mulheres, os metrossexuais não são apenas homens vaidosos, eles são mais atraentes, principalmente por compreenderem melhor o universo feminino. Por se submeterem a rituais ‘sofridos’ de beleza, como a maioria das mulheres, esses homens são mais atentos às necessidades, hábitos e preferências femininas e, por isso mesmo, sabem e são capazes de elogiar, valorizar e conversar mais com suas parceiras.

As mulheres vão mais longe e fazem questão de diferenciar os homens metrossexuais dos narcisistas puros. Para elas os narcisistas são homens muito vaidosos, mas que não se interessam nem admiram o universo feminino. Este interesse e admiração seria o quê a mais apresentado pelos homens metrossexuais.

Em minha maneira de avaliar e analisar o fenômeno da metrossexualidade tem um lado bastante positivo no que diz respeito à quebra de preconceitos quanto à possibilidade dos homens assumirem seus sentimentos no tocante à vontade de ficarem mais bonitos e poderem também retardar os efeitos da idade sobre sua aparência externa, o que sempre foi feito pelas mulheres. Isso também poderá aproximar mais os universos femininos e masculinos, sempre tão distanciados nos requisitos de beleza, vaidade, cuidados pessoais e interesses em geral. Por outro lado, confesso certa preocupação quanto ao fato dos homens estarem sendo despertados de maneira ‘superficial’ para uma vaidade exagerada, que tem por objetivo criar um mercado consumidor específico como foi feito com as mulheres no passado em relação à indústria dos cosméticos, dos alimentos diet e light, dos cigarros, do charme e das próteses de silicone para fins estéticos.

Causa-me também certa apreensão o fato de a metrossexualidade poder abrir portas para que padrões de cuidados pessoais sejam exagerados e se tornem motivos de insatisfação física constante, que poderá vir a deflagrar transtornos comportamentais masculinos como a bulimia, a anorexia, a dismorfia corporal e a depressão, quadros conhecidos até então pela predominância feminina de suas apresentações. E não podemos esquecer que a mesma vaidade, que é capaz de gerar compreensão e cumplicidade entre homens e mulheres pode também acirrar a competitividade entre eles, desencadeando um afastamento ainda maior entre os que deveriam ser os diferentes, porém complementares seres.

Como o próprio nome diz são preocupações (pré-ocupações); por isso prefiro deixar o tempo passar e trazer com ele as respostas para essas indagações que teimam em ocupar minha mente no presente, tão passageiro dos nossos dias.

Como exemplo, posso citar o caso de Otávio, que começou a cuidar da aparência aos 14 anos, quando apresentou as primeiras espinhas no rosto. Ficou desesperado com a possibilidade de ter seu rosto deformado pelas cicatrizes e começou a frequentar dermatologistas e esteticistas, utilizando produtos de cosmética e realizando limpezas de pele mensalmente. Depois vieram os cuidados com os cabelos (cabeleireiros de 15 em 15 dias para manter o corte) e com o corpo, o que transformou sua ida a academia em um tipo de religiosidade corpórea…

Somente o tempo, este senhor de todas as verdades dirá se David Beckham, o representante e ídolo número um dos metrossexuais, foi o ícone de uma nova geração de homens ou se simbolizou mais um desejo do ser humano em atingir padrões físicos inatingíveis. Quem viver, com certeza, verá!

Fonte: Ana Beatriz B. Silvapsiquiatra.

Agora, se você é uma pessoa fria na cama, é provável que você seja um(a) psicopata. Ou que tenha morrido e não sabe! Agora, falando sério, há pessoas (dos dois sexos) que têm uma necessidade exagerada de seduzir por sofrer do transtorno da rejeição. Começou lá na infância. É a “Personalidade Borderline”. Sofre e faz sofrer… Eu acho que ninguém nasce resolvido sexualmente. O sexo se aprende. Sou favorável à educação sexual em casa e nas escolas. O sexo biológico serve pra reprodução, e percebo muita beleza e sabedoria da vida em criar mecanismos hormonais de atração para perpetuar as espécies. Mas o sexo também pode ser um instrumento de satisfação, integração e de  desenvolvimento da inteligência emocional. É a base para o autoconhecimento, que conduz à compreensão espiritual da existência.

____________________________________________________________________________________________________________________________________

E O BOM DE CAMA, CONHECE ALGUM? É O FAMOSO PEGADOR!

‘SEM PESSOAS COMO EU, ESTARÍAMOS NUM ETERNO PAPAI-E-MAMÃE’, DIZ OSCAR MARONI.

Oscar Maroni

Oscar Maroni, empresário de boates e psicólogo, garante que o sexo é “uma das maiores fontes de sofrimento e também de prazer do ser humano”, e que julga dominar. “Já dormi com mais de 2 mil mulheres”, diz ele, enquanto projeta o seu vampiresco olhar 69 B.

O paulistano Oscar Maroni é aberto para discutir sexo –prova disso são os “inferninhos” e casas de massagem de freguesia cativa e os classificados em que esses serviços são anunciados. Mesmo assim, está cheio de “hipocrisias morais e sexuais” que precisam ser superadas. A opinião é do empresário Oscar Maroni Filho, 62, proprietário do Bahamas Club, localizado na zona sul de São Paulo.

“Por isso que ele precisa de gente como eu, ou como um Larry Flynt [editor da revista pornográfica ‘Hustler’, dos EUA]: para afrouxar um pouco essas hipocrisias. Senão, estaríamos num eterno ‘papai-e-mamãe'”.

Fechado desde 2007 por conta de uma briga travada dentro e fora da Justiça com a administração do ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD), o Bahamas se tornou uma espécie de meca do sexo no país e está próximo de ser reaberto: Maroni aguarda para os próximos dias o alvará provisório que possibilitará a reabertura da casa como “hotel e balneário”.

Por sinal, foi no futuro hotel e balneário que o empresário, que também é psicólogo, falou com a reportagem do site UOL sobre o Dia do Sexo, comemorado neste dia 6 de setembro. Maroni garante que o tema é “uma das maiores fontes de sofrimento e também de prazer do ser humano” e que julga dominar. “Já dormi com mais de 2 mil mulheres”, gaba-se.

“As três maiores fontes de sofrimento do ser humano são o preconceito, o sexo e o amor. Se você não tem preconceito, as duas maiores fontes de satisfação passam a ser o sexo e o amor. Se o sujeito sente desejo, isso só pode ser extremamente saudável”, analisa.

“Por que sexo tem que ser visto como algo indecente?”

Irreverente, Maroni permeia a entrevista com uma meia dúzia de “licença, senhora repórter” antes de cada palavrão. Prefere os jargões populares aos órgãos sexuais do homem e da mulher à terminologia politicamente correta. Justifica: “por que esse preconceito com a sexualidade humana? Por que isso, ou por que sexo tem que ser visto como algo indecente? Sexo deve ser encarado como fonte de equilíbrio emocional, de afeto, de autoestima”, diz.

Se a sociedade paulistana aprendeu a lição que ele, Maroni, acredita ter sobre sexo? “Se não tivesse aprendido, não tínhamos tantas casas de massagem, boates, inferninhos como há nessa cidade. Algumas chegam a ter média de 200 mulheres e 300 homens por noite, é uma loucura. A sexualidade existe, a população não é preconceituosa. Mas alguns valores precisam ser revistos”, afirma.

“Entre os valores [a serem revistos] está o que se vale da religião para justificar que o homossexualismo não pode ser naturalmente aceito”, acrescentou

“Sou o oposto do Feliciano”.

“Sou o oposto do [deputado federal Marco] Feliciano (PSC-SP). Dizer que as coisas que são proibidas estão assim definidas na Bíblia, um livro que foi escrito há mais de 2.000 anos? Desculpe, mas tenho minhas dúvidas”, afirmou.

Eleito este ano presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, Feliciano causou furor em grupos de direitos humanos ao fazer críticas consideradas preconceituosas contra negros e homossexuais. Mesmo assim, foi ovacionado na Marcha para Jesus 2013 –megaevento evangélico que, este ano, reuniu cerca de 200 mil pessoas em São Paulo, segundo o instituto Datafolha.

“Meu papel é questionar essas hipocrisias. E se não fosse assim, nem os sex shops existiriam”, diz.

Empresário foi inocentado de favorecer prostituição.

Condenado em outubro de 2011 a 11 anos e oito meses de prisão pelos crimes de favorecimento e exploração de casa de prostituição, Maroni foi absolvido em abril deste ano pelo Tribunal de Justiça paulista, que aceitou o recurso da defesa e entendeu que o Bahamas Club não se enquadra na atividade de casa de prostituição.

“Tenho minha honra lavada hoje; foi feita justiça”, afirmou Maroni, que classifica o Bahamas como “um local para entretenimento de adultos”. Entretenimento para o qual, por sinal, parecem não faltar candidatas: ele pega o celular e mostra à equipe de reportagem as fotos das garotas de programa interessadas na reabertura do estabelecimento.

Entre loiras, morenas, despidas e vestidas, os tipos são variados. “Isso aqui parece seleção de Big Brother. Mas eu não exploro essas mulheres –elas vêm, e, se quiserem ir para as suítes com o cliente, não sou eu que vou bater na porta para saber o que estão fazendo ou deixando de fazer”.

Embora ele venda uma imagem de “pegador”, acho que ele está mais pra narcisista… Sim, porque dormir com mais de 2 mil mulheres é fácil… Quero ver é ele ficar acordado e plantar algo de bom e útil, aí sim!

__________________________________________________________________________________________________________________________________

Filhos, já podeis ver contente a Mãe gentil da Pátria?

Tenho observado que as pessoas que amam sabem extrair prazer do sexo. E proporcionar também. Pra elas, fazer sexo e amor se confundem. Elas fazem amor até pelo pensamento… Ou sexo por telepatia… Coisa de doido! Ou doido será quem não atingiu ainda tal tecnologia da mente, ou não se permitiu à ousadia de conectar-se na internet cósmica que aproxima as pessoas e lhes permite se amarem?

Desire

Tem as pessoas que gostam de sexo mas são imaturas para levar adiante um relacionamento com amor. Como também existem aquelas que nem gostam de sexo… Que judiação! Tem aquelas personalidades raríssimas, ainda, que renunciam ao ato sexual (apesar de gostarem dele) para priorizar outras conquistas. Caso do indiano Mahatma Gandhi, por exemplo. Que renunciou ao sexo com sua esposa, após convencê-la que assim seria melhor, pois poderia se concentrar melhor e livrar a Índia da dependência britânica. Como aliás, conseguiu mesmo. Mas ele mesmo disse que se não fosse por isto, jamais teria renunciado ao sexo conjugal. Agora, o brasileiro comemora o Dia do Sexo no dia 6 de setembro e hoje, no dia 7, sai para comemorar a Independência do Brasil. Será que estamos fazendo a coisa do modo certo? Será que somos independentes de fato? A considerar o pronunciamento da presidente Dilma na TV, não somos independentes nem quanto ao sigilo político, comercial, bancário e social no uso da internet, criada pelos norte-americanos e mantida pelo trânsito das informações nos seus satélites, ao estilo BBB. Você concorda? Olha, veja bem o que vai responder… Pois com certeza, muita gente no Atlântico Norte e Pacífico vai ficar sabendo da sua resposta!

Independência, como tudo nesta vida, é difícil de conquistar e de manter. Por isto que a luta deve ser diária! E por isto que é necessário, também,  ter um bom sexo, ordem, progresso, justiça, verdade e amor pra manter achama do bem viver acesa, pra si e pra todos, por consequência! Ser independente é saber pensar, sentir e aplicar. Estar independente é ter em torno de si uma estrutura sócio-econômica-afetiva estável. Uma pessoa pode não estar independente e, no entanto, ser independente. Isto vale para uma nação qualquer também. O duro é não estar e nem ser independente. Um povo pode vir a estar independente pela educação e crescimento econômico. Já, para ser independente, além da educação, precisa muito da fé. Só que não precisa abrir mão do desenvolvimento econômico pra isto. Precisa temperá-lo com uma justiça distributiva que contemple as diferenças individuais de capacidade que sabemos existir. E a fé, é que nem o sexo, uma atitude e sentimento ao mesmo tempo. É imaginação e toque. É uma troca, onde doar e receber enfim se conhecem com maturidade motivadora. É mente e coração transpondo os limites da percepção das múltiplas dimensões da vida. É crescimento espiritual, enfim. Quer melhor bagagem do que esta pra se aproximar de Deus? Bendito sexo, pois com ele a vida se renova, estar independente é uma meta, ser independente é um sonho, amar tem nexo… E viver com poesia e encanto já é mais do que concreto!

________________________________________________________________________________________________________________________________

Anúncios

Publicado em 7 de setembro de 2013, em ATUALIDADES, CIÊNCIA, CIDADANIA, CIDADES, CULTURA, ECONOMIA, EDUCAÇÃO, FILOSOFIA, GUERRA, HUMOR, INFÂNCIA, INFORMAÇÃO, JUSTIÇA, JUVENTUDE, MATURIDADE, MÚSICA, MEDICINA, PARADIGMAS, PAZ, PENSAMENTOS, POLÍTICA, REFLEXÃO, SAÚDE, TV, VOZ DIGITAL e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: